PT | EN | ES
INÍCIO > NOTÍCIAS > Tudo o que Precisa Saber Sobre Tapetes de Tufagem Manual

Tudo o que Precisa Saber Sobre Tapetes de Tufagem Manual

mar, 2018
Um tapete executado pela técnica de tufagem não é totalmente produzido à mão, uma vez que é utilizada uma ferramenta mecanizada, intitulada pistola manual, para disparar fios de lã através de um apoio de tela. O apoio possui um esboço desenhado onde a pistola deve preencher e executar exatamente o mesmo plano. Este processo não requer muito tempo nem o mesmo nível de habilidade que o tapete a nó manual necessita. Depois de empilhar, o tapete é removido da moldura e uma tela cortada é colada atrás. Para completar o tapete, uma fita é adicionada por costura ou colada na retaguarda.
O design do padrão é apresentado no tecido de algodão, que é então esticado sobre um quadro. O fio é cortado e raspado para garantir altura idêntica. No caso de tapetes com diferentes volumes, as superfícies são cortadas à mão com tesoura angular especial. Esta técnica permite que os artesãos qualificados criem padrões curvos e pilhas de diferentes alturas e densidades.
É de salientar que este tipo de tapete nunca alcança o status de herança porque não é autêntico. Contudo, a sua execução minuciosa e a beleza podem adicionar um ambiente atraente e interessante para a sua decoração de casa.

A parte de trás do tapete
Quanto mais detalhes na parte de trás do tapete, melhor é a sua qualidade. Nos tapetes de tufagem manual, um revestimento de látex é aplicado na parte de trás dos tapetes para manter os fios de lã no lugar certo. O revestimento aplicado é então coberto por outra camada de tecido que geralmente é um material de lona. Como a diferença entre a parte de trás desses tapetes é bastante visível, virar o tapete é, de longe, a maneira mais fácil de identificá-lo.

A técnica de tufagem manual e a ligação com a Ferreira de Sá
A técnica de tugafem manual está presente na nossa empresa há quase três décadas. No início dos anos 90, procurávamos novas técnicas de tecelagem para serem adicionadas ao nosso portfólio – onde já estava inseridos nó manual e a tecelagem (flat weave) desde a existência da empresa. O ano de 1992 foi marcado com o início de um novo método de produção de tapetes em Portugal: o Hand-Tufting. A introdução desta nova técnica conseguiu modernizar a empresa, aumentar a sua produtividade e reduzir os custos. A qualidade dos tapetes executados com esta técnica rapidamente conquistaram mercados nacionais e internacionais.

Fácil e Rápido
Uma das principais vantagens desta técnica é a velocidade de produção: na tecelagem e nó manual, um metro quadrado de um tapete leva um dia a ser fabricado nos teares antigos. Assim, com o aparecimento do hand-tufting, o tempo de produção passou para duas horas, diminuindo o tempo de produção. Esta capacidade de poupança de tempo permitiu que a empresa atingisse os prazos de entrega de pedidos, o que deixa os clientes ainda hoje impressionados.

Porquê escolher tapete de tufagem manual?
Esta técnica é das mais flexíveis – permite a criação de qualquer padrão, assemelhando-se a uma pintura. Essa versatilidade permite que os tapetes de tufagem sejam uma solução premium para projetos residenciais e comerciais. Quer seja uma casa familiar, uma loja ou uma receção de hotel, qualquer tapete desta técnica é a solução perfeita independentemente da sua finalidade

PROJECT DEVELOPED BY DING DONG

PARTILHAR



SUBSCREVER NEWSLETTER
CONTACTO
Tapeçarias Ferreira de Sá, S.A.
Rua Ferreira de Sá - Silvalde, 50
4500-629 Espinho | Portugal
Telemóvel: (+351) 918 617 133 | (+351) 964 594 020
Telefone: (+351) 227 333 070 Fax: (+351) 227 333 079
E-mail: info@ferreiradesa.pt

SUBSCREVER NEWSLETTER

© FERREIRA DE SÁ 2018. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

PROJETOS COFINANCIADOS PELA EU.
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma Entidade de Resolução Alternativa de Litígios de consumo: “Centro de Informação de Consumo e Arbitragem do Porto”, Rua Damião de Góis, n.º 31 – Loja 6, 4050-225 Porto. Tel.: 225 508 349/225 029 791, Fax: 225 026 109, E-mail: cicap@mail.telepac.pt, web: www.cicap.pt. Mais informações em Portal do Consumidor: www.consumidor.pt.